Últimos Conteúdos

Governo estuda criminalização de ataques hackers

Após o susto gerado pelos recentes ataques hackers, o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo informou ontem, 29, que o governo estuda proposta para criminalizar as ações. Cardoso se encontrou com Michel Temer no Planalto, presidente interino, e defendeu a causa. "Temos um problema de legislação. É importante ter claro isso", afirmou.

O governo pode aproveitar alguns projetos já em tramitação no Legislativo ou elaborar uma proposta original. Segundo o ministro, já receberam subsídios de parlamentares para a elaboração das medidas.

A Polícia Federal investiga os ataques com colaboração de órgãos públicos.

Durante a campanha presidencial de 2010, um hacker invadiu o e-mail pessoal de Dilma Rousseff e copiou cerca de 600 e-mails recebidos pela então candidata, noticiou a Folha de São Paulo nesta manhã. Um rapaz de 21 anos, localizado em Taguatinga, no Distrito Federal, o rapaz de 21 anos, tentou vender os arquivos para políticos do DEM e do PSDB, mas não obteve sucesso.

Nenhum comentário